XINGUARA VENCE RIO MARIA NOS PÊNALTIS E PASSA PARA A SEMIFINAL DA 20ª COPA EXTREMO SUL PARÁ

 

A seleção de Xinguara recebeu a seleção de Rio Maria no último sábado, 4 de novembro, no Estádio J. Santos, para o jogo de volta das quartas de finais da Copa Extremo Sul Pará de Seleções.

Diferentemente do jogo de ida, em que ambas as seleções não conseguiram apresentar um bom futebol, o jogo de volta foi completamente diferente, com as equipes demonstrando um alto nível de futebol.

Ambas as seleções buscaram a vitória durante todo o jogo, mas somente aos 27 minutos da segunda etapa o placar foi alterado. Em uma cobrança de escanteio, o atacante Naldinho, que entrou como substituto, subiu mais alto que todos e marcou um golaço para Rio Maria. Naldinho, conhecido como carrasco dos xinguarenses, ficou muito emocionado após marcar o gol e comemorou com muitas lágrimas nos olhos.

Com pouco mais de 16 minutos para o final do jogo, o técnico de Xinguara, professor Rondy, que já havia feito uma substituição na equipe, colocando o centroavante Boka no lugar do atacante Chiclete, realizou mais duas alterações. Ele tirou o volante Platina e colocou o meia-atacante Daniel, além de substituir o meia Denis por mais um atacante, Luan.

Embora muitos esperassem que a seleção de Rio Maria começasse a fazer catimba para ganhar tempo, como é sua característica, um ditado do futebol se mostrou verdadeiro: “O jogo só acaba quando termina”. Aos 40 minutos, em uma cobrança de falta para Xinguara, o meio-campista Sury colocou a bola na área de Rio Maria, e no meio da confusão, o zagueiro Maranhense chutou a bola para o gol, empatando a partida.

Após o empate, Xinguara melhorou consideravelmente na partida, mas como o tempo era escasso, o jogo terminou em 1×1. Dado que o jogo de ida terminou em empate por 0x0, a decisão foi para a disputa de pênaltis.

Nas penalidades, houve mais um empate, com ambas as equipes marcando 3 gols. Pelo lado de Xinguara, Pedro, Michael e Vaqueiro converteram seus pênaltis, enquanto Gustavinho e Maranhense erraram suas cobranças. Para Rio Maria, Welison, Vinicius e Romário marcaram, mas Edson e China perderam suas cobranças.

Foi necessária apenas uma cobrança alternada para cada lado para definir o vencedor. Sury cobrou e marcou para Xinguara, enquanto o lateral Lucio ficou com a responsabilidade de empatar novamente para Rio Maria. No entanto, o goleiro Pite, de Xinguara, foi melhor e defendeu o pênalti, garantindo a classificação de Xinguara para a semifinal.

Ficha Técnica:

  • Xinguara: Samuel Pite, Gustavinho, Gustavo Vaqueiro, Maranhense, e Marlinhos, Michael, Platina (Daniel), Denis (Luan), Pedro, Chiclete (Boka), Sury.
  • Rio Maria: Everton Pachelo, Lucio, Edson, Vinicius e James, Luiz Fabiano, Kadu, Fabinho, Vinicius China, Michael, Gabriel (Naldinho/Romário).
  • Arbitragem de Ourilândia do Norte:
  • Árbitro: Célio Carvalho Auxiliar 1: Lucas Ferreira Auxiliar 2: Odirlei Gomes Delegado: Onismar Martins

Roserval Ramos/Berokanfm